Montar SquadSolicitar Orçamento

Blog

Nossas últimas novidades
Tempo de Leitura
5
min

O que é DevOps?

Conheça mais detalhes sobre o que é DevOps e veja quais são as principais práticas adotadas pelas grandes empresas de tecnologia do Brasil e do mundo
October 30, 2019

Visão geral:

* Implementar o DevOps na sua empresa é, basicamente, juntar os times de desenvolvimento e operação de modo que trabalhem de forma comunicativa e ágil na entrega das funcionalidades e dos projetos;

* Atualmente existem seis principais práticas de DevOps que são amplamente utilizadas no mundo todo: integração contínua, entrega contínua, microsserviços, infraestrutura como código, monitoramento e registro em log e comunicação e colaboração;

* Conheça mais características de cada uma delas e veja o porquê de implementar na sua empresa.

-

Ter uma equipe de desenvolvimento com a cultura DevOps é fundamental para que seus projetos sejam entregues de maneira contínua e com agilidade.

Com uma série de práticas consolidadas no mundo todo, esse método de desenvolvimento vem ganhando bastante espaço em razão de conseguir automatizar grande parte dos processos, fazendo com que deixem de ser feitos de forma manual.

Mas, você sabe o que é DevOps? Quais são as principais práticas?

Confira a resposta para essas perguntas a seguir!

Tem dúvidas sobre o processo de desenvolvimento de um aplicativo? Acesse nosso e-book, é grátis!

Afinal, o que é DevOps?

A palavra “DevOps” é a combinação de dois termos bastante conhecidos no mundo da tecnologia: “desenvolvimento” e “operação”.

Porém, o DevOps não é só a combinação de dois termos distintos, esse novo método de trabalho exige a comunicação frequente para integrar as equipes do desenvolvimento de software e infraestrutura de TI.

Dessa forma, é possível criar uma cultura de desenvolvimento ágil mais eficiente e acelerar os processos de execução, incluindo segurança, colaboração em equipe e análise de dados.

Além disso, alguns outros setores presentes no desenvolvimento de software também são afetados, como o ambiente de produção, as automações e também no design de alta qualidade para plataforma, buscando sempre aumentar a capacidade de respostas ao usuário e gerar entregas de valores.

Com a metodologia DevOps, as abordagens implementadas tem o objetivo de garantir entregas de valor ao cliente e, podem representar um novo recurso no software, ou até mesmo um novo ciclo ao software, desde aprimoramentos e correções de bug.

Além da comunicação entre as equipes, a metodologia DevOps torna esse processo colaborativo entre a equipe, realizado de acordo com a cultura da empresa para produzir testes e lançamento de soluções.

Portanto, com o DevOps a estratégia viabiliza o gerenciamento tradicional e o modo em que os processos são conduzidos. Assim, códigos e infraestrutura são sujeitos a alterações constantes, um fator importante e mais dinâmico quando falamos em alterações.

Como funciona o DevOps?

Todo o funcionamento do DevOps passa pela união das equipes de desenvolvimento e operações, fazendo com que não trabalhem mais de forma autônoma e separada.

Com isso, toda a produção e ciclo de vida de um sistema web ou aplicativo é feito em conjunto, desde a fase de desenvolvimento e testes até a fase de implantação e operações.

Durante o processo, ambas equipes passam a utilizar práticas e métodos mais eficientes de automação, visão aumentar a velocidade de processos que tradicionalmente sempre foram manuais e consideravelmente lentos. 

Para ter maior sucesso na execução, para cada etapa de processo são utilizadas ferramentas diferentes já existentes no mercado, auxiliando a equipe a operar e desenvolver os sistemas de maneira confiável, segura e rápida.

Aliás, essas ferramentas também trazem mais independência em tarefas que normalmente exigiriam a ajuda de outras equipes.

Navegador Exclusivo Bradesco: como a parceria com a X-Apps gerou mais de 1 MILHÃO e 200 mil acessos

E quais são as principais práticas de DevOps?

1. Integração e entrega contínua

Uma das principais práticas de DevOps é a integração contínua.

Essa prática de desenvolvimento de software é baseada na junção das alterações promovidas pelos desenvolvedores em um repositório central, reduzindo o trabalho manual necessário nesse processo de integração de código.

Além de facilitar também na correção de bugs, a integração contínua é adotada com o objetivo de encontrar e investigar esses erros mais rapidamente, reduzir o tempo necessário para validar e lançar novas atualizações de software e melhorar a qualidade do produto.

Por outro lado, funcionando em conjunto com essa prática está uma outra, conhecida como entrega contínua.

Podendo ser considerada uma evolução do modelo anterior, nessa prática, alterações de código são criadas, testadas e preparadas automaticamente. Com isso, é possível garantir que o código esteja apto para entrar em ambiente de produção e desenvolvimento com segurança.

2. Microsserviços

Para facilitar ainda mais o desenvolvimento de aplicativos e softwares, outra prática bastante utilizada é a arquitetura de microsserviços. Com ela, é possível desenvolver pequenos serviços independentes que podem se comunicar via APIs bem definidas.

Além de ser uma arquitetura de fácil implementação, com os microsserviços é possível aumentar a escalabilidade dos seus projetos e também consegue proporcionar uma maior agilidade das equipes.

Isso acontece por conta que, quando os times atuam dentro de um contexto pequeno, eles possuem uma maior autonomia para trabalhar de forma mais independente e rápida.

3. Infraestrutura como código e monitoramento

Outra prática bastante presente em DevOps é a infraestrutura como código. Essa prática tem como característica provisionar e gerenciar a infraestrutura de desenvolvimento utilizando técnicas de desenvolvimento de software, como a integração contínua e o controle de versão.

Com isso armazenado em nuvem, os desenvolvedores podem interagir com a infraestrutura de um sistema em escala e de forma automatizada, os invés, de instalar e configurar de forma manual.

Ou seja, da mesma forma que o desenvolvimento de software, aplicativos e sistemas web podem ser desenvolvidos utilizando ferramentas de DevOps, a infraestrutura também.

Além disso, o monitoramento de logs também é fundamental para ver como anda a performance do app e a experiência final do usuário com seu produto. 

Dentro do mundo da tecnologia, gerenciar dados e analisá-los é fundamental para conhecer onde estão os problemas e o que precisa ser ajustado. 

Por conta disso, atualmente já existem ferramentas de DevOps que auxiliam nesse processo, sem a necessidade de tudo ser feito manualmente.

4. Comunicação e colaboração

Por último, mas não menos importante, a comunicação e a colaboração entre os profissionais de uma empresa é fundamental para que o DevOps realmente traga resultados.

Principalmente em equipes maiores, é preciso que todos estejam amplamente alinhados sobre a execução das tarefas de modo que tudo consiga ser entregue em um período de tempo considerado ágil. 

Dessa forma, ter uma cultura de utilizar ferramentas de comunicação e de compartilhamento de informações facilita - e muito - o desenvolvimento de um projeto.

Além disso, isso não traz apenas resultados positivos para o time de tecnologia, mas também para outros setores da empresa, como marketing e vendas, permitindo que todas as partes da empresa se alinhem mais estreitamente às metas e aos projetos em desenvolvimento.

Saiba mais:

- App do Instagram vai permitir lives com até quatro usuários; entenda

- Desenvolvimento de criptomoedas abre vagas no mercado de TI

- Facebook estaria desenvolvendo app rival do Clubhouse; entenda

    Compartilhar

Inscreva-se em nossa newsletter

Posts semelhantes

Tempo de Leitura
3
min
Entenda o framework Angular

Acelere a sua empresa com a X-Apps

Alocar profissionaisSolicitar Orçamento
A X-Apps é um provedor de TI parceiro e aconselhada pelo
Receba nossos e-mails
Siga nossas redes sociais
O seu time de TI. Desenvolvimento de software sob demanda e alocação de profissionais.
Vamos conversar?
comercial@x-apps.com.br11 5083-0122

Rua Rodrigo Vieira, 126

Jardim Vila Mariana. São Paulo, SP.

CEP: 04115-060

Mapa do site
Termos de serviçoTermos de privacidade
Available in English