Montar SquadSolicitar Orçamento

Blog

Nossas últimas novidades
Tempo de Leitura
8
min

O que é Fintech White Label e quais são seus benefícios?

Plataformas que fornecem tecnologias de serviços financeiros podem ser utilizadas por empresas de diversos setores. Saiba como isso é possível!
August 02, 2022

Desenvolver aplicativos ou softwares do zero pode ser uma tarefa complexa, cara e desafiadora, principalmente para empresas que estão ingressando no mercado financeiro pela primeira vez. 

Para ter acesso a essas soluções sofisticadas sem ter que gastar muito, a maioria das instituições financeiras contam com a ajuda das Fintech White Label.

As Fintechs White Label são empresas que fornecem especificamente tecnologias de serviços financeiros para outras empresas que não detêm o mesmo aparato tecnológico. 

Esse modelo envolve uma entidade regulamentada, que fornece o conhecimento tecnológico, e uma empresa que não possui a mesma tecnologia e capacidade de conformidade, mas tem ótimas novas ideias para monetizá-las ou uma marca forte o bastante para colocar essa tecnologia em bom uso.

A boa notícia é que muitas empresas White Label de tecnologia agora disponibilizam serviços de desenvolvimento e programação para serem usados por empresas de outros setores. Com essa tecnologia, elas podem atender melhor os seus clientes, disponibilizando recursos como meios de pagamentos, carteira digital, cartões personalizados e muito mais. 

Neste artigo, vamos explicar o que é White Label, como funciona esse modelo de negócio, como ele se aplica às fintechs e como ele pode beneficiar a sua empresa.

Continue a leitura para aprender tudo sobre Fintech White Label:

  • O que é White Label?
  • O que é uma Fintech White Label?
  • Quais são os serviços oferecidos por uma Fintech White Label?
  • Quando usar uma plataforma White Label
  • É necessário ser do ramo de finanças?
  • 4 benefícios de contratar uma Fintech White Label

Antes de tudo: o que é White Label?

O white label é basicamente um modelo de negócios no qual uma empresa detentora de uma tecnologia ou infraestrutura fornece esse aparato para o uso de outras empresas sem a necessidade de direitos autorais.

O "white label" em português significa "etiqueta branca" e na prática remete a possibilidade de aplicar a sua própria marca em algo já desenvolvido ou disponibilizado por outra empresa.

Essa estratégia não é nova. O white label já é usado há um bom tempo, por exemplo, pela indústria da moda, quando indústrias têxteis genéricas fabricam roupas para serem rotuladas e posteriormente vendidas por grandes marcas.

Com esse modelo de negócios, as empresas contratantes não precisam se preocupar com o custo de desenvolvimento, administração ou manutenção da tecnologia ou infraestrutura, pois essas questões ficam sob a responsabilidade da empresa que os ofertam.

Desse modo, as empresas não precisam inventar um produto e depois ter que testar e montar todo o processo de produção para se beneficiar dele. Elas apenas tiram o produto “da prateleira”, rotulam e embalam-no bem, podendo assim se concentrar em obter lucros e manter os clientes satisfeitos com novos produtos ou serviços.

O que é uma Fintech White Label?

Agora que explicamos o que é white label, vamos mostrar como esse conceito se aplica nas fintechs. Basicamente, uma fintech White Label é uma companhia que fornece especificamente tecnologias de serviços financeiros para empresas que não detêm o mesmo aparato tecnológico. 

Portanto, em vez de se preocupar em construir um produto financeiro do zero, a fintech pode usar recursos e tecnologias pré-existentes para montar o seu produto com sua própria marca, como se fosse uma criação sua. 

Essa estratégia permite que as fintechs possam entrar no mercado mais rapidamente, economizando tempo e dinheiro. Além disso, ao trazer os recursos mais atualizados disponíveis no mercado, elas são capazes de se manter relevantes em um cenário altamente competitivo.

Dessa forma, esse modelo é muito útil principalmente para aqueles negócios que não têm condições de tempo, de orçamento ou de pessoal para começar a parte técnica do projeto do zero.

Outro ponto importante é que uma fintech white label geralmente traz o benefício de possuir uma licença regulatória estabelecida, o que garante a conformidade com as leis vigentes. 

Portanto, ele estabelece uma parceria entre um fornecedor regulamentado, que oferece a base de conformidade e soluções tecnológicas, com uma empresa que não possui a mesma tecnologia, mas que tem ótimas novas ideias sobre como monetizá-las.

>> Desenvolva sua fintech com a X-Apps: converse com nossos especialistas

Quais são os serviços de uma Fintech White Label?

As fintech white label oferecem os seguintes serviços:

Banco digital: Uma das soluções oferecidas é a possibilidade de criar  um banco digital com uma estrutura modular e com as mais diferentes funcionalidades para atender às necessidades dos seus clientes. Esses recursos incluem abertura de conta, emissão de cartão, várias formas de pagamento e recebimento, transferência, saques e muito mais.  

Carteira digital: Outra possibilidade é oferecer aos seus clientes uma carteira digital como uma solução de pagamento na qual você pode incluir a marca da sua empresa. Desse modo, os seus clientes poderão realizar transações financeiras por meio de dispositivos eletrônicos, sem a necessidade de usar dinheiro em papel.

Pagamentos: As Fintechs White Label oferecem também plataformas de pagamento por meio de máquinas de pagamento com cartão. Elas disponibilizam as mais variadas formas de pagamento, como cartão de crédito, débito, corporativo, entre outros. 

Gateway de pagamento: Essa solução permite realizar pagamentos online nas mais diversas modalidades: internet, app, via link, QR Code e por assinatura, atendendo todos os tipos de negócios.

Cartões de diversas modalidades: O cartão white label é indicado para lojistas e empresas que desejam oferecer um cartão de crédito com marca própria. Nesses casos, as fintechs fazem a emissão, processamento e gestão desse tipo de cartão, que é totalmente customizado de acordo com a identidade visual da sua empresa parceira. 

>> VTEX no desenvolvimento de lojas digitais: saiba o que é e como usar

Quando usar uma plataforma White Label

Geralmente, um negócio virtual começa a procurar por uma plataforma White Label quando deseja expandir as suas ofertas de produtos e serviços, mas não possui o conhecimento ou o tempo necessário para desenvolvê-los.

Além disso, sai muito mais em conta adotar uma estratégia White Label do quer contratar e manter uma equipe in house para criar o serviço e ainda ter que perder tempo com a curva de aprendizado.

Além disso, as empresas White Label fornecem recursos incrivelmente poderosos para introduzir empresas de todos os setores no mundo digital. Nesse cenário, os clientes exigem experiências amigáveis, opções infinitas e disponibilidade sempre ativa nos mais diversos dispositivos. Vamos falar mais disso a seguir.

>> Blitszcaling: conheça o método de crescimento da Amazon

É necessário ser do ramo de finanças?

A resposta é não. As soluções financeiras White Label estão alcançando setores muito além das fintechs.

Marcas de outras áreas, como do setor alimentício e de vestimentas, estão começando a integrar serviços financeiros agregados a soluções tecnológicas em sua oferta de produtos e serviços. 

Lojas virtuais ou marketplaces, por exemplo, podem contratar uma empresa White Label para desenvolver uma forma de pagamento on-line para o seu negócio. Isso facilita não só a experiência do usuário, mas a gestão de vendas da empresa.

Homem segura cartão de crédito numa mão e um celular em outra mão.

4 benefícios de contratar uma Fintech White Label

Os benefícios das soluções de tecnologia White Label são amplamente reconhecidos no mundo da tecnologia há algum tempo. Além de reduzir custos, eles aceleram o “go-to-market” e a geração de receita, uma vez que as soluções tecnológicas já vêm prontas. Veja abaixo.

1) Diminuição de riscos com erros

Adquirir uma solução que já foi experimentada e testada tornou-se uma estratégia atraente de redução de risco, permitindo que empresas emergentes com grandes novas ideias se concentrem em desenvolver novos produtos, fortalecer a sua marca e ampliar a sua base de clientes.

Além disso, ao usar uma solução White Label que já tinha sido aprovada no mercado, a empresa parceira fica protegida com relação aos riscos de mercado e às regras de conformidade que acompanham o fornecimento de produtos financeiros.

2) Não há necessidade de conhecimento técnico interno

Uma empresa White Label disponibiliza não apenas recursos técnicos, mas também todo seu conhecimento em questões ligadas a tecnologias de desenvolvimento, como front-end e back-end. Com isso, a empresa contratante pode concentrar seu pessoal interno em outras tarefas administrativas e estratégicas mais ligadas aos objetivos de seus negócios.

3) Soluções modernas e atualizadas

Uma vantagem de adotar esse modelo de negócio é que você pode ter acesso às mais variadas soluções tecnológicas, atendendo às necessidades de diferentes perfis de clientes. Tudo isso com a garantia que os recursos são os mais atualizados do mercado.

Uma vez que essa solução é desenvolvida por especialistas, a entrega de bons produtos e serviços também é potencializada, garantindo a boa performance da solução e também a satisfação dos clientes.

4) Focar no que importa: o modelo de negócio

Com a coordenação da parte técnica do seu produto nas mãos de uma empresa white label, você consegue dar atenção ao que importa: encontrar um modelo de negócio sustentável ao seu negócio.

Em outras palavras, sem se preocupar com questões mais profundas sobre programação e desenvolvimento dos recursos tecnológicos, é possível focar na busca pelo produto inovador e no contato com os clientes.

Conclusão

Como você pode perceber, as soluções White Label têm um papel importante no crescimento dos setores de fintech e varejo, permitindo reduzir custos, recursos e tempo de lançamento.

Basta olhar para o setor de comércio eletrônico e bancário hoje, para perceber que as soluções White Label são uma estratégia altamente benéfica. À medida que essas indústrias se tornam mais abertas a parcerias com terceiros, torna-se mais fácil economizar tempo e recursos ao implantar novas soluções.

Porém, encontrar o parceiro certo para a sua solução White Label, que tenha ampla expertise e experiência em desenvolvimento de softwares e aplicações, geralmente é uma tarefa complicada. Essa empresa deve ser capaz de desenvolver aplicações escaláveis, seguras e rápidas. Uma boa opção para desenvolver a sua solução pode ser contratar os serviços de uma software house. 

Você precisa de uma Fintech White Label para o seu negócio? A X-Apps é a solução! Converse com um dos nossos especialistas aqui e saiba como podemos ajudá-lo.

Saiba Mais

>> Como reduzir o churn de clientes mobile

>> Outsourcing de TI: o que é e como funciona

>> O que é uma software house

    Compartilhar

Inscreva-se em nossa newsletter

Posts semelhantes

Tempo de Leitura
4
min
Como transformar sua empresa em uma organização exponencial

Acelere a sua empresa com a X-Apps

Alocar profissionaisSolicitar Orçamento
A X-Apps é um provedor de TI parceiro e aconselhada pelo
Receba nossos e-mails
Siga nossas redes sociais
O seu time de TI. Desenvolvimento de software sob demanda e alocação de profissionais.
Vamos conversar?
comercial@x-apps.com.br11 5083-0122

Rua Rodrigo Vieira, 126

Jardim Vila Mariana. São Paulo, SP.

CEP: 04115-060

Mapa do site
Termos de serviçoTermos de privacidade
Available in English