APIs em Blockchain: o que é possível aprender da aplicação?

Vivemos tempos de mudanças, em que a tecnologia causa uma verdadeira revolução na vida das empresas. Quem acha que as soluções encontradas para melhorar processos, principalmente na área de TI, são só mais um modismo, está enganado – e pode perder tempo e dinheiro com esse pensamento.

Aplicações em TI surgem a todo instante, e acompanhar esse movimento é a melhor maneira de fazer sua empresa crescer. A novidade do momento, por exemplo, são as APIs em Blockchain. Para entender esse papel, devemos, primeiro, discutir e entender o que é, realmente, um blockchain.

Blockchain é uma cadeia de registros distribuída e compartilhada em vários pequenos pedaços que têm como principal finalidade a criação de um índice global em um determinado mercado.

Portanto, trata-se da maneira de registrar todas as transações e trocas de quem faz parte do sistema em blocos, como um livro caixa gigantesco e virtual. Esses blocos são criptografados e todos que fazem parte do sistema têm acesso às criptografias.

Dessa forma, todo mundo pode acessar os dados sem saber, exatamente, onde mora a sua “raiz”, já que tudo é criptografado. Isso garante a segurança das informações compartilhadas dentro da rede.

A tecnologia blockchain é a solução para que todas as espécies de transações e trocas no mundo, não apenas dinheiro vivo ou Bitcoins, sejam feitas com mais segurança, agilidade e sem intermediação de terceiros. No Brasil, isso significa “sem comissões ou taxas”.

Embora o blockchain tenha sido usado com mais notoriedade no desenvolvimento e uso generalizado do Bitcoin e outras criptomoedas, ele também pode ser usado para um grande número implementações de TI, como a Internet das Coisas.

APIs do Blockchain: um sistema de conectividade

Um dos melhores elementos do blockchain é o fato de que é impulsionado inteiramente pelo conceito de confiança. Cada interação no blockchain confia e verifica a transação e depende do consenso de todos os blocos para rastrear o que é uma atividade descentralizada, que não pode ser rastreada.

Assim como o blockchain, a comunidade de APIs também é impulsionada pela confiança como um conceito-chave – e é por isso que o blockchain é um elemento incrível de conectividade na aplicação das APIs.

Como já falamos aqui no blog, API é um conjunto de rotinas e padrões de programação para acesso a um aplicativo de software ou plataforma baseado na Web. De forma geral, uma API nada mais é que uma interface simplificada e padronizada, que fornece a vários programadores um método para a construção de aplicações que se comuniquem internamente.

Geralmente as APIs são criadas com um padrão aberto e documentação de acesso livre.

O Google Maps é um ótimo exemplo da área de API. Por meio do seu código original, inúmeros sites e aplicativos utilizam os dados do Google Maps, adaptando-o da melhor forma para a utilização do seu serviço.

Interações das API´s e blockchain

Muito tem se falado sobre a economia do compartilhamento, em exemplos de sucesso como Airbnb, Uber e eBay. Mas, aos poucos, esse entusiasmo em relação às possibilidades disruptivas das empresas enfraqueceu, devido às más condições de trabalho relatadas por usuários e temores de monopólios.

A verdadeira economia do compartilhamento é aquela em que indivíduos e empresas são capacitados pela tecnologia, com o objetivo de compartilhar seus dados e, se for possível, receber pagamento por isso.

Você pode ter uma pequena estação meteorológica no quintal da sua casa. Muitas pessoas poderiam se beneficiar das informações produzidas ali e até pagariam para obtê-las, desde que pudessem confiar na precisão dos dados.

Com a API no blockchain isso é possível.

Você pode fornecer esses dados, totalmente confiáveis, uma vez verificados ao longo do tempo em um blockchain, a um terceiro que os agregaria em sua API de forma independente.

Com isso, empresas no ramo do vestuário, por exemplo, poderiam consumir esses dados para decidir a quantidade de roupas de inverno ou verão que devem ser produzidas para suprir demandas, sem gerar estoques desnecessários.

Há muitas formas de utilizar API em blockchain e fazer seus resultados decolarem, desde que você tenha uma equipe preparada para essa inovação.

Se quiser saber mais sobre ela, entre em contato com a X-Apps!

Fechar Menu
Close Panel