Machine Learning, IoT e Blockchain: Por que entender essas tecnologias pode salvar a sua empresa

O cantor Belchior tem uma música chamada “Velha Roupa Colorida” onde brada, no refrão: “o passado é uma roupa que não nos serve mais”. Essa canção com certeza foi feita para refletir sua época, mas cai como uma luva para explicar às empresas, hoje, que olhar para o retrovisor não vai fazer bem algum a nenhum negócio.

É preciso ligar o radar para as novas tecnologias, pois é no presente que estão as ferramentas capazes de salvar empresas e melhorar a qualidade de produtos e serviços.

Três delas vem tendo grande impacto nas discussões sobre o futuro das corporações: Machine Learning, IoT e Blockchain. Cada uma delas pode servir para impulsionar negócios a partir de soluções inovadoras e até simples, caso haja dedicação das equipes internas em estudá-las.

Nesse post vamos passar pelos conceitos básicos que Machine Learning, IoT e Blockchain carregam para que você possa entender qual (ou quais) podem melhorar os rumos ou salvar o futuro da sua empresa. Se a música de Belchior serve de inspiração, prepare-se: está na hora de renovar o guarda-roupa.

Machine Learning

Machine Learning carrega conceitos fortes de Inteligência Artificial para explicar o aprendizado das máquinas, ou quais métodos podem ser utilizados por programas de computador para que esses se permitam uma completa análise de dados e até mesmo a tomada de decisões com completa autonomia.

Através de Machine Learning, cabe aos softwares encontrar informações de interesse da empresa em uma gigantesca pilha de dados (como o Big Data, por exemplo) em uma margem minúscula de erros – isso tudo sem haver a especificação humana do que a máquina tem que procurar, porque ela já vai ter aprendido as variáveis de como fazer isso.

Como? Através do reconhecimento de padrões pré-estabelecidos onde a empresa cita o que é relevante e deixa a procura das informações necessárias para a máquina. Quanto mais conhecimento ela adquire, mais pode ser estratégica para a empresa que a utiliza.

IoT

Esse conceito você já deve ter ouvido algumas vezes através de seu nome em português: Internet das Coisas. Já falamos muito sobre isso aqui no blog quando tratamos de wearables, ou seja, acessórios que vestimos e que contém softwares fornecedores de dados, como o Apple Watch ou o Oculus Rift.

Tudo indica que a IoT vai ser precursora de grandes mudanças tecnológicas nos próximos anos, e a população mundial caminha para uma realidade onde muito de seu dia a dia será dividido com as máquinas que nos monitoram: desde um aplicativo de autonomia de energia da nossa casa aos carros sem motorista que dividirão as estradas com a gente. E, pra variar, tudo isso já existe.

Blockchain

A moeda Bitcoin é virtual, criptografada e não responde a nenhuma regulamentação governamental ou banco. Ainda assim, surpreende por ter virado uma das mais utilizadas formas de pagamento dos últimos anos – e ter atingido níveis estratosféricos de valorização frente às moedas que já conhecemos.

A tecnologia por trás da Bitcoin é o Blockchain, que nada mais é do que uma cadeia de registros distribuída e compartilhada em vários pedacinhos pequenos que tem como principal finalidade a criação de um índice global em um determinado mercado.

Como funciona como um livro-razão de cunho público e universal, o Blockchain é a forma de transformar um número gigante de informações em uma linha bem delineada de transações, evitando problemas como o superfaturamento de negociações e a corrupção. Seu lado obscuro é a impossibilidade de rastrear determinadas transações, o que pode permitir compra e vendas de produtos e serviços ilegais sem a curadoria de um órgão regulamentador.

Ainda assim, é provável que essa tecnologia acabe brevemente com os cartórios, por exemplo, já que ela se complementa de dados suficientes para validar e autenticar a troca de dinheiros e títulos pela internet. E, através do Blockchain, cada vez mais pessoas podem ter acesso seguro à Bitcoin e passar a utilizar essa alternativa como moeda de troca.

E você, já ouviu falar dessas tecnologias – ou, melhor, sua empresa já visa utilizar alguma delas? É importante lembrar que nenhuma dessas opções é algo “do futuro”, porque já estão sendo utilizadas, aqui e agora, para melhorar produtos e serviços de muitas empresas.

Por isso, olhe Machine Learning, IoT e Blockchain como tecnologias do presente. Elas podem salvar sua empresa da derrocada causada por excesso de passado.

Deixe uma resposta

Fechar Menu
Close Panel