Metodologias Ágeis: Aplicativos melhores e mais rápidos

Embora diga respeito ao andamento de projetos e à forma como eles são desenvolvidos dentro das empresas, as Metodologias Ágeis também têm se apresentado como uma opção no estilo de gestão por valorizar mais o desenvolvimento humano entre as etapas e a satisfação dos clientes do que o faturamento do item entregue.

No Manifesto das Metodologias Ágeis doze itens norteiam os trabalhos que vão fazer da sua empresa um ambiente de desenvolvimento de melhores aplicativos, criados de forma mais rápida e eficiente. São eles:

  1. Satisfazer o cliente através da entrega de software de valor;
  2. Aceitar mudanças de requisitos quando eles apresentem vantagens competitivas, mostrando a capacidade de adequação de processos ágeis;
  3. Entregar softwares em pleno funcionamento;
  4. Promover o trabalho conjunto e diário de pessoas relacionadas a negócios e desenvolvedores durante todo o curso do projeto;
  5. Construir projetos para indivíduos motivados dando a eles ambiente, suporte e confiança no melhor trabalho;
  6. Transmitir de forma eficiente e presencial as informações acerca de um projeto;
  7. Encontrar no software funcional a medida primária do progresso;
  8. Promover um ambiente sustentável através do projeto ágil, com todas as equipes mantendo passos constantes;
  9. Dar contínua atenção à excelência técnica e ao bom design, o que aumenta a agilidade de um projeto;
  10. Maximizar a simplicidade e diminuir o trabalho que não precisa ser feito;
  11. Emergir de times auto-organizáveis as melhores arquiteturas, requisitos e designs;
  12. Refletir entre equipes, em intervalos regulares, como efetivar, ajustar e otimizar melhor os comportamentos de acordo com os projetos a serem desenvolvidos.

Tudo isso faz das Metodologias Ágeis a melhor saída para a entrega de projetos de valor, tanto para a empresa contratante quanto para os clientes que se utilizarão do software, no tempo adequado e com qualidade acima das expectativas.

Por que as Metodologias Ágeis estão em alta?

Um dos motivos para explicar porque as Metodologias Ágeis estão em alta é a popularização da sua utilização por startups e grandes empresas de tecnologia. Afinal, hoje em dia os processos de entrega de aplicativos, softwares e diversos outros canais tecnológicos não obedecem mais a um escopo fechado e imutável, sendo imprescindível que as equipes ao redor de seu desenvolvimento consigam remar de acordo com a maré.

Nas metodologias tradicionais toda a coisa é muito limitada: tarefas específicas respondem a uma ordem linear de desenvolvimento, necessitando, consequentemente, de um planejamento completo antes que o trabalho vá para as equipes. É preciso estabelecer prazos específicos que criam uma angústia pelo suprimento das necessidades antes mesmo que elas apareçam.

Já nas Metodologias Ágeis os times conversam periodicamente entre si para encontrar as melhores maneiras de fazer a entrega no tempo certo, ainda que modificações de escopo aconteçam durante a linha de produção. A estrutura das Metodologias Ágeis é feita, inclusive, para aceitar essas mudanças como parte do processo, buscando preveni-las os invés de apagar os incêndios causados por elas.

Um case de sucesso dessa linha de raciocínio é o Spotify, que usa a capacidade de escalonamento das Metodologias Ágeis para fazer suas entregas.

Basicamente, as equipes da empresa separam o aplicativo em vários “pedaços” e dedicam grupos internos para que sejam responsáveis por cada fatia do desenvolvimento. No fim, eles juntam tudo, uma vez que as equipes estiveram, a todo momento, trocando ideias sobre sua parte no projeto.

Quais são as principais Metodologias Ágeis usadas no mundo?

Há quem pense que o único nome de metodologia ágil do mundo é o Scrum, mas a realidade é que muitos outros representantes dessa seara podem ser encontrados e trabalhados, dependendo da realidade de cada empresa.

No rol dos que merecem uma atenção redobrada, por serem mais relevantes e reunirem as melhores práticas, estão:

  • FDD (Feature Driven Development);
  • XP (eXtrem Programming);
  • MSF (Microsoft Solutions Framework);
  • DSDM (Dynamic System Delevopment Model).

Além, é claro, do Scrum, que é certamente a mais popular dentre as Metodologias Ágeis.

Antes de escolher uma delas para aplicar na sua empresa, saiba que as Metodologias Ágeis funcionam melhor em empresas com times enxutos, embora essa realidade esteja mudando – hoje, até mesmo as empresas se adaptam de forma assertiva para entregar mais e melhor.

Por isso, é importante saber onde você quer chegar, e qual é a sua realidade corporativa, antes de aplicar alguma das Metodologias Ágeis que indicamos aqui ou que você conhece além da nossa lista. Afinal, nenhum método vai deixar seu trabalho mais efetivo se você não souber, realmente, para onde está indo com ele.

Fechar Menu
Close Panel